A contabilidade do futuro chegou. Acompanhe esse movimento!

 

A contabilidade do futuro chegou. Acompanhe esse movimento.

Lojas de CDs, locadoras de DVD, telefone fixo, câmera fotográfica. Todos estes produtos e serviços que, recentemente, ainda faziam parte das nossas vidas, de uma hora para outra tornaram-se obsoletos devido à rapidez com que as tecnologias inovadoras vêm sendo adotadas. Em seu lugar, surgem empresas e serviços como Uber (transporte), Airbnb (hospedagem), Spotify (música) e Netflix (entretenimento), que mudam completamente a forma como os negócios são conduzidos por meio da inovação disruptiva. Mais do que fazer melhor do que o concorrente, o negócio disruptivo quebra antigas barreiras, fazendo diferente e de uma forma completamente nova.

Assista ao curso gratuito de Contabilidade Digital

Se você acredita que a contabilidade ainda é um negócio relativamente blindado para estas inovações que estão revolucionando os modelos de negócios, levando muitas organizações à desaparecerem, provavelmente a sua empresa ainda está lá no passado. Então, abra os olhos para o que está a sua volta e acredite! A contabilidade do futuro chegou e, com ela, as mudanças são inevitáveis.

Para entender em que estágio de negócio a sua empresa se encontra, confira um comparativo dos comportamentos que diferenciam a contabilidade do passado e como alcançar o patamar de inovação da empresa do futuro.

Contabilidade do passado

É caracterizada pelo negativo tripé de baixa lucratividade — baixo valor agregado — e alta fidelização temporária:

  • Baixa lucratividade: o pouco uso da tecnologia associado ao alto volume de papel e digitação aumenta a necessidade de conferência manual e retrabalho. Se o cliente não manda os documentos, o escritório de contabilidade não tem como realizar o serviço. E pior, como o preço dos honorários que o escritório cobra é por volume de trabalho, dimensionar a equipe para adequar a demanda variável é um pesadelo. Como resultado, você vê as suas despesas fixas aumentarem, sua equipe ser exigida além da conta e sua margem de lucro reduzir drasticamente.
  • Baixo valor agregado: como a relação com os clientes normalmente é distante e burocrática, a venda dos serviços acaba sendo o padrão para as obrigações contábeis e fiscais apenas, levando à briga por preço, sem diferenciação e diminuindo a margem de lucro. Como cobrar por um serviço com um valor maior, quando a única diferenciação da organização contábil é “fazer a apuração dos impostos com uma exatidão que ninguém faz”. Mas a que custo, já que o escritório não conta com ferramentas tecnológicas que possam automatizar o serviço?
  • Alta fidelização temporária: isso quer dizer que enquanto o cliente estiver satisfeito com o preço pago pelo serviço, tudo vai bem. Até que algo dê errado. Se raramente você tem contato com os seus clientes e até prefere que seja assim, afinal, precisa concentrar esforços na entrega das obrigações no prazo, fica difícil criar um relacionamento duradouro. Se não há um envolvimento e um entendimento das necessidades do cliente e a única diferenciação é por preço para um pacote de serviços padrão e genérico, a fidelidade do cliente será tão firme quanto areia movediça. Em tempos de apertar os cintos, o fornecedor que entregar mais do mesmo vai ser substituído ou cairá na guerra das cotações de preço.

Contabilidade do futuro

Acompanha o novo perfil das empresas sendo altamente produtiva e lucrativa, com alto valor agregado e alta fidelização:

  • Alta produtividade e lucratividade: com uso intensivo de tecnologia, preferencialmente web e na nuvem, tanto na gestão do escritório quanto na integração contábil, na empresa do futuro os processos são automatizados e escaláveis. Ou seja, os novos clientes já se adaptam a estes processos, agilizando e ampliando a capacidade de atendimento da equipe, sem a necessidade de novas contratações. Há uma busca permanente pela melhoria contínua de processos e ferramentas para ganho de escala e economia de custos. Com a automação e integração dos processos e os documentos digitalizados, a equipe consegue ter mais autonomia e produtividade.
  • Alto valor agregado: o contador do futuro faz consultoria buscando sempre o sucesso do cliente. Para tanto, atua de forma segmentada para conhecer profundamente os pormenores do negócio de seus clientes.  Conhece os principais indicadores e quando entrega os relatórios mensais de resultados procura comparar com os padrões de mercado para direcionar as ações do cliente. Por outro lado, mantém um acompanhamento ativo para que o cliente faça sua gestão corretamente, o que é realizado por meio do software de gestão (ERP). O preço é geralmente mais alto que a concorrência, mas o valor dos honorários é de acordo com o benefício que entrega.
  • Alta fidelização: ao agregar valor com uma atuação consultiva, a parceria se solidifica: “o sucesso dos meus clientes será o meu sucesso”. O contador do futuro mantém uma relação próxima, mas objetiva, com seus clientes via meios digitais (reuniões por Skype e Hangout, por exemplo) e focada em resultados, ganhando tempo que é investindo no que realmente importa. Promove discussão de resultados mensalmente com os clientes e mantém canais de comunicação digitais, como mobile, blog e redes sociais, para deixá-los informados sobre novidades da área e manter um marketing de relacionamento atuante e assertivo.

Desta forma, o contador do futuro torna-se essencial, ajudando na visão estratégica do negócio do cliente e buscando oportunidades de economia, sendo proativo no que se refere à gestão fiscal e financeira e entregando serviços contábeis de valor. E isso não tem preço.

O contador do futuro na empresa do futuro deve compartilhar algumas características de inovação disruptiva que fazem companhias e serviços como Uber e Netflix, citados acima, terem tanto sucesso. Confira:

  • Fazem uso intensivo de tecnologia, diminuindo custos, aumentando a produtividade e a rentabilidade;
  • São escaláveis, pois o modelo é facilmente replicável, possibilitando crescimento sem necessariamente aumento da equipe;
  • Têm foco no seu posicionamento de mercado, oferecendo serviços específicos para o segmento escolhido, com alta qualidade;
  • A experiência no atendimento ao usuário é incrivelmente boa, por meio de canais digitais, mas de forma humanizada.

Se você pensa que ainda está para nascer uma organização contábil com este nível de inovação, saiba que já existem empresas do futuro aproveitando estas oportunidades utilizando as tecnologias existentes ao seu favor.

Fique atento às características citadas neste artigo e busque implantá-las dentro da sua empresa contábil de maneira gradual e constante. Embarque rumo à contabilidade do futuro! Só depende de você!

Quer acesso a materiais gratuitos exclusivos para Contadores?

Junte-se a mais de 100 mil profissionais e empresários contábeis e receba gratuitamente novidades e dicas sobre tecnologia, marketing e vendas para Contabilidade.