Nota fiscal do Facebook: tudo o que você precisa saber

 

Nota fiscal do Facebook: tudo o que você precisa saberAnunciantes contam agora com a nota fiscal do Facebook, uma demanda de muitos anos que foi atendida em 2018.  

Esta é uma ótima notícia para contadores e empreendedores. O anúncio foi feito em fevereiro e a emissão das notas começa em março. A medida foi adotada a partir de muitas solicitações dos anunciantes brasileiros, que até então tinham dificuldade para justificar os gastos realizados com o Facebook Ads na contabilidade de suas empresas.

Alcançou a produtividade que você precisa?  Descubra como o Programa ContaAzul de Contadores Parceiros aumenta reudz 90h  mensais de empresas contábeis Quero mais produtividadeVocê ainda tem dúvidas de como esse recurso funciona e de que forma pode ser utilizado pelo seu cliente? Fique tranquilo, pois vamos respondê-las neste post. Além disso, apresentaremos como ficam as notas fiscais para outros anúncios online e como esse documento é tratado nos anúncios do Google.

Ficou interessado? Então siga a leitura.

Nota fiscal do Facebook: o que muda

A principal alteração é que agora os anunciantes contam com uma nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e) por mês para justificar todos os gastos realizados no Facebook Ads. O arquivo digital ainda tem o CNPJ ou CPF fornecido nas configurações da conta de anúncios empresariais.

Até então, o Facebook Brasil estava desobrigado de emitir as notas fiscais porque seu enquadramento fiscal não fazia essa exigência. Apesar disso, essa alteração foi realizada devido a diversos pedidos, tanto de grandes quanto de pequenas empresas. Confira os principais detalhes da mudança:

Dados contidos na NFs-e do Facebook

O documento emitido mensalmente servirá para registrar as veiculações de anúncios feitas no mês anterior. Entre as informações contempladas, estão:

  • Serviços prestados, que no caso é a veiculação de anúncios;
  • Empresa que forneceu o serviço, ou seja, o Facebook;
  • Pessoa física ou jurídica que recebeu o trabalho.

Além disso, devem ser inseridas outras informações fiscais adicionais com o objetivo de garantir que os anunciantes possam cumprir as leis municipais, estaduais e federais.

Emissão da primeira nota fiscal do Facebook

O primeiro arquivo emitido será referente aos anúncios veiculados entre 14 e 28 de fevereiro de 2018. Os valores gastos até o dia 13 de fevereiro de 2018 serão excluídos da contagem. Em abril, o anunciante terá acesso à quantia empregada em todo o mês anterior. Vale a pena destacar que a expedição da NF-e pode ser feita sempre no início de cada período de 30 dias.

Notas fiscais para diferentes contas de anúncios

O anunciante que tiver mais de uma conta de anúncio receberá várias notas fiscais por mês, porque cada documento valerá para uma conta específica. Nesse arquivo, estarão descritos todos os anúncios realizados no período.

Emissão em meses sem veiculação de anúncios

As notas fiscais estarão indisponíveis nos períodos em que o anunciante deixar de veicular seus anúncios.

Processo de obtenção da nota fiscal

As etapas necessárias para visualizar e imprimir as NFS-e são as seguintes:

  • Abrir o menu “cobrança” do gerenciador de anúncios;
  • Clicar no menu suspenso “transações”, localizado próximo à lista de mesmo nome, e selecionar “notas fiscais”;
  • Abrir o menu suspenso de datas e escolher o intervalo que deseja;
  • Clicar no número da NFS-e desejada;
  • Clicar em “imprimir”.

Valores diferenciados da nota para o recibo

A NFS-e do Facebook pode conter um valor diferente do especificado no recibo de anúncios. Isso acontece quando o pagamento for executado em um período diferente daquele da emissão da nota.

Outra possibilidade é a seleção da forma de pagamento manual, realizada por boleto bancário. Nesse caso, podem ser adicionados outros valores ao saldo pré-pago.

Acesso a faturas

Essa possibilidade deixou de ser autorizada pelo Facebook desde fevereiro de 2018. Porém, as faturas anteriores ainda podem ser acessadas pelo gerenciador de anúncios, no menu “cobrança”.

Pagamento por linha de crédito (fatura mensal)

A empresa que opta por esse modelo de cobrança de NFS-e pode acessar as notas pelo setor “cobrança” do gerenciador de anúncios. No entanto, o envio também será feito por e-mail.

Notas fiscais para outros anúncios online

Outras mídias sociais, como Twitter, Pinterest e LinkedIn ainda mantêm a postura de não emitir notas fiscais para anúncios online. Em alguns casos, é possível conseguir um documento que comprova o gasto ao entrar em contato com as empresas. No entanto, esse documento é inválido perante a legislação brasileira.

No caso do Instagram, a emissão de NF-e começou a ser veiculada junto com o sistema do Facebook Ads. Como as duas redes sociais fazem parte do mesmo grupo empresarial, as regras abordadas acima também são válidas para a mídia que privilegia as imagens.

Essa regra também é válida para Messenger, Audience Network ou outros serviços do Facebook Serviços Online do Brasil.

Notas fiscais do Google AdWords

O Google já emite notas fiscais há bastante tempo para o Google AdWords no Brasil. Para isso, é obrigatório que as contas estejam vinculadas à sede brasileira da empresa. Caso a incorporação seja ao Google Inc., que se refere aos Estados Unidos, é impossível emitir a NFS-e.

Assim como acontece agora com a nota fiscal do Facebook, o Google faz a emissão uma vez ao mês. O valor destacado se refere ao consumo em cliques que o anunciante teve e o documento é disponibilizado entre o 5º e o 10º dia útil do mês.

Há diferentes maneiras de visualizar a nota fiscal. O procedimento depende do tipo de conta que você possui. Confira:

Sistema de faturamento antigo

A conta paga por faturas ou que faz parte desse processo recebe a NFS-e por e-mail. A mensagem pode ser verificada ao acessar as opções “faturamento" > "preferências de faturamento” (quando a conta fizer parte do sistema antigo).

No outro modelo, as notas seguem diretamente para o endereço indicado no aceite do contrato. A alteração pode ser feita por meio do contato com a equipe do Google.

Sistema de faturamento novo

As contas criadas a partir dos últimos meses de 2012 podem acessar a NFS-e pela aba “faturamento”. A conferência pode ser realizada no último dia do mês daquele ao qual a nota se refere.

Caso a NFS-e não seja enviada, o anunciante ainda pode entrar em contato pelo e-mail faturamentobrasil@google.com e solicitar o encaminhamento para o endereço que desejar.

Em suma, a nota fiscal do Facebook e do Google são boas alternativas para que contadores e equipes de marketing possam justificar os gastos destinados a essa finalidade. Agora, basta se adequar a esse novo cenário e aproveitar os benefícios.

Contabilidade digital: sabe quais são os primeiros passos?  Assista gratuitamente um vídeo com dicas práticas sobre como ser um escritório  contábil digital. Assistir AgoraGostou da notícia? Como você lida com anúncios em redes sociais no seu escritório? Comente!

Quer acesso a materiais gratuitos?

Junte-se a mais de 800 mil donos de negócio e receba gratuitamente
novidades e dicas sobre controle financeiro e gestão.