Como fazer um bom planejamento de crédito e surpreender seu cliente

O planejamento de crédito pode surpreender seu cliente na crise. Veja como oferecer crédito pré-aprovado e se destacar.

Ajudar seu cliente no planejamento de crédito é importante, mas você pode dar um passo além e tomar a frente desse processo.

Já pensou se, em vez de perguntar se ele precisa de empréstimo para superar a crise, você mesmo chegasse com uma oferta de crédito pré-aprovado

Foi exatamente o que eu, Luiz Corrêa, fiz para surpreender meus clientes e apoiá-los no momento em que mais precisam. 

Sou contador e empresário contábil há mais de 25 anos, parceiro Diamante Conta Azul e mentor em cursos de BPO Financeiro e de Contabilidade Digital. Hoje vou compartilhar com você minhas estratégias para pedir empréstimo pelo cliente. 

O conteúdo que você vai ler neste artigo faz parte da formação completa da Conta Azul sobre Estratégias de valor para usar na crise, e está disponível no curso online que ministrei, Como o contador pode ajudar o cliente a pegar empréstimo.

Leia até o fim e conquiste seu cliente com um bom planejamento de crédito.

Assista ao curso gratuito de Contabilidade Digital

Como o planejamento de crédito surpreende seu cliente na pandemia

O planejamento de crédito é mais um caminho para apoiar seu cliente na crise e se destacar pela excelência dos serviços.

Basicamente, significa ajudar o empreendedor a pegar um bom empréstimo e ganhar fôlego para superar esse momento difícil. 

Só que, em vez de apenas orientar sobre a melhor linha de crédito, minha sugestão é que você tome a frente do processo e aprove você mesmo o cadastro do cliente no banco.

Hoje, essa proatividade é essencial para surpreender seu cliente e mostrar que você, contador, está ao lado dele na fase mais difícil do negócio.

Além disso, é uma forma de fortalecer a relação com os clientes e facilitar seu trabalho de planejamento de crédito, como veremos a seguir. 

Por que o planejamento de crédito é complicado para as empresas?

O planejamento de crédito não é uma tarefa fácil para os empreendedores, principalmente quando buscam os recursos por conta própria.

Você, contador, já deve ter recebido dos seus clientes listas intermináveis de documentos para aprovação de crédito ou financiamento em algum banco, que surgem no meio do expediente e ocupam horas de trabalho.

Normalmente, são solicitados:

  • Cadastro de todos os sócios e cônjuges e comprovação do pagamento da tarifa cadastral (em alguns casos)
  • CNPJ atualizado
  • Alvará de funcionamento
  • Contrato social, ata de constituição e estatuto ou declaração de empresário, devidamente registrados na Junta Comercial
  • Todas as alterações contratuais
  • Balanço patrimonial e demonstração do resultado do exercício com assinaturas do contador e administrador(es) da empresa, referentes aos três últimos exercícios 
  • Recibo de entrega de Declaração de Imposto de Renda 
  • Autorização para consulta aos sistemas restritivos e à central de risco de crédito do SISBACEN.

E esse é só o começo da lista, sem contar a ansiedade do cliente em receber os documentos para conseguir o dinheiro o quanto antes.

Por isso, vale mais a pena inverter o cenário na pandemia e assumir o processo de planejamento de crédito dos seus clientes, solicitando você mesmo o crédito em nome das empresas que atende. 

Dessa forma, você poupa tempo de cadastro e análise da empresa, consegue a aprovação mais rapidamente e ainda fideliza o cliente.

6 passos para fazer o planejamento de crédito e surpreender seu cliente

1. Descubra quais clientes precisam de crédito

O primeiro passo é criar uma lista de clientes que vão precisar de crédito com todas as informações necessárias.

Para isso, você pode conferir as condições dos empréstimos e recursos oferecidos para superar a crise e mapear quais clientes se encaixam nos critérios. 

2. Separe a documentação necessária

O próximo passo é separar toda a documentação necessária para conseguir a pré-aprovação do empréstimo no banco. 

Essa etapa fica muito mais simples com a Conta Azul Mais, onde você tem acesso a demonstrativos como DRE Contábil, fluxo de caixa diário e mensal, balancete e vários outros relatórios.

A ideia é chegar ao banco com tudo o que você precisa em mãos, aprovando vários clientes de uma só vez com o gerente.

3. Apresente os clientes ao seu gerente

Com a lista de clientes e documentação pronta, você já pode ir até o banco conversar com seu gerente sobre as possibilidades do planejamento de crédito.

Juntos, vocês podem filtrar as empresas que se encaixam nas linhas de crédito atuais e selecionar as melhores condições (juros mais baixos e prazos mais longos). 

No fim das contas, o acordo é interessante para todos: o banco traz novas contas, você ganha pontos com os clientes e as empresas conseguem o dinheiro de que precisam.

4. Garanta a pré-aprovação do crédito

Seu objetivo será sair do banco com pelo menos 70% da carteira de clientes com crédito pré-aprovado (ou a porcentagem que você achar suficiente).

Uma dica é recorrer às linhas menos burocráticas e que exigem menos documentos para a aprovação, como o recente Pronampe (Projeto de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).

O programa oferece vantagens como 36 meses para pagar, juros iguais à Selic + 1,25% ao ano e valores de até 30% da receita bruta mensal das micro e pequenas empresas, com exigências mais simples do que outras linhas anteriores. 

5. Apresente a linha de crédito pré-aprovada ao cliente

A próxima etapa do planejamento de crédito é apresentar as ofertas pré-aprovadas aos seus clientes.

Esse é o momento de encantar: prepare uma apresentação visual no Power Point, Google Apresentações ou Canva, grave um vídeo ou marque uma reunião por videoconferência para mostrar as opções de crédito pré-aprovado ao cliente. 

Ele vai ficar surpreso com a sua proatividade e disposição em ajudá-lo no momento em que mais precisa. 

6. Faça a contratação

Por fim, basta dar andamento à contratação da linha de crédito escolhida pelo cliente. 

Nesse ponto, você terá economizado idas e vindas de documentos e dias de espera pela aprovação de cada cadastro no banco, além de deixar seus clientes muito mais satisfeitos.

Dicas para um planejamento de crédito eficiente

Para fazer o planejamento de crédito de forma eficiente, minha dica é se antecipar às necessidades dos clientes na crise e buscar a solução antes que eles solicitem.

Mas lembre-se: financiamento é como um remédio, e não deve ser contratado indiscriminadamente para não gerar efeitos colaterais.

Por isso, é importante que você avalie a situação de cada cliente, sua capacidade de pagamento e posição financeira atual antes de escolher o caminho do crédito bancário.

Se for a melhor escolha, seus clientes vão agradecer pela eficiência e tornar-se ainda mais leais à sua marca. 

Além disso, há grandes chances de que comentem com os amigos e familiares que “meu contador fez isso por mim”, gerando marketing espontâneo para a sua empresa. 

Viu como vale a pena fazer um bom planejamento de crédito e surpreender seu cliente?

Assista ao curso gratuito de Contabilidade Digital

Comente se gostou das dicas e se pretende usar minha estratégia.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?